Congresso Internacional AIA – ENTREVISTA MAURIZIO SERACINI

“A autenticidade da arte exige uma nova geração de cientistas pesquisadores: o mundo do mercado de arte fica instável pela quantidade cada vez maios de falsificações. As obras de arte vendem-se por milhões de dólares sem nenhuma verificação científica de sua autenticidade. Esta estendendo-se um grande comercio internacional de objetos do patrimônio cultural saqueado, vendido em troca de drogas e armas. ”

 

GIVOA esteve presente em Authentication in Art e teve o prazer de poder entrevistar ao destacado cientista e perito de arte italiano Maurizio Seracini, quem ha sido reconhecido pela pesquisa sobre o mural de Leonardo da Vinci, a batalha de Anghiari no Salone dei Cinquecento, Palazzo Vecchio, Florência e pero estudo de diagnóstico sobre a adoração dos reis magos de Leonardo.

“A autenticade da arte exige uma nova geração de cientistas pesquisadores: o mundo do mercado de arte fica instável pela quantidade cada vez maios de falsificações. As obras de arte vendem-se por milhões de dólares sem nenhuma verificação científica de sua autenticidade. Esta estendendo-se um grande comercio internacional de objetos do patrimônio cultural saqueado, vendido em troca de drogas e armas. ”

 

 Athentication in Art trata a temática apresentada por Seracini no congresso de autenticação na arte que aconteceu em junho na Haia, Holanda. Em setembro acontecerá o II Congresso Internacional de Peritagem de Arte chamado ICAE na cidade do Rio de Janeiro, Brasil. Este evento tem relação com as iniciativas realizadas na Europa e compartilham o mesmo espírito de democratizar o aceso à informação sobre peritagem de obras de arte e sua consequente importância para a proteção do patrimônio cultural. 

 

Authentication in Art

 

O cientista apresentou estes temas durante sua palestra, junto com outras soluções propostas, como foram a criação de uma nova figura do professional do campo cientifico para pesquisar obras de arte, centros de pesquisa, desenvolvimento de equipes e laboratórios moveis. Finalmente foram tratados o papel e as limitações da “atribuição” como referência principal e necessária para vender uma obra de arte. Temos pela frente o grande desafio da revolucionaria inteligência artificial que logo envolverá historiadores e ao mercado de arte tudo.

 

Maurizio Seracini criou em 1977 a primeira companhia na Itália para análises e diagnósticos não invasivos na arte e a arquitetura, Editech srl, Centro de Diagnóstico para o Patrimônio Cultural em Florencia.

 

Em 2013 criou Great Masters Art Authentication em San Diego California, a primeira empresa americana dedicada à autenticação científica de old masters dos séculos XIV até XIX.

 

 

Nesta breve entrevista ele comenta os limites e desafios da peritagem atual. 

 

Veja a entrevista no YouTube: GIVOA Consulting.

No Comments

Post A Comment

quatro + onze =